Brasão do Município

O Brasão do Município obedece a seguinte forma e descrição:

"Escudo português contendo: eu chefe (em cima), a destra e a sinestra, respectivamente, a representação da reserva florestal do Município, em sinople (verde) protegendo a comunidade, representada por um conjunto de habitações, em goles (vermelho), encimada pelo céu, em blau (azul); no abismo (no centro), a representação de um livro aberto, em branco, tendo sobre ele, a sinestra, um tinteiro, com uma pena, antigo instrumento de escrita, e sobre este um papagaio conhecido como "baitaca", em sinople (verde) e goles (vermelho), que existia em abundância, na região e que deu nome ao povoado que, com a emancipação política, passou a chamar-se Liberato Salzano, o livro, o tinteiro e a pena são um simbolismo do educador que foi Liberato Salzano Vieira da Cunha, especialmente pela sua ação em favor da educação, quando Secretário de Educação e Cultura do Estado, em ponta (abaixo), em Blau (azul), com listas onduladas, a representação da abundância de arroios e do Rio Baitaca, que cortam e banham o território do Município. Sob o escudo, um listel em goles (vermelho), com gotas, nestas inscrições: 01 - 06 - LIBERATO SALZANO 1964, que indica a da­ta da emancipação política do Município. Na parte externa do escuda, na ponta e sobre as extremidades do listel, a destra, em sinople (verde) jalde (ouro) e preto, uma composição de mi­lho e feijão preto e, a sinestra, em sinople (verde) e jalde (ouro), uma composição de milho e soja, representando a cultu­ra agrícola, nos principais produtos do Município. O escudo e encimado por uma coroa mural com três torres, em preto e jalde (ouro)".

Bandeira do Município

A Bandeira do Município de Liberato Salzano tem co­mo cores oficiais o vermelho, o branco e o verde, constando de faixas horizontais intercaladas com a mesma largura e um quadrilátero branco, na parte interior superior, representando:

I - o vermelho a tenacidade e a vigor do trabalho de sua gente;

II - o branco a mensagem de fé e de paz;

III - o verde, a esperança de um mundo humano, solidá­rio e justo.


Hino do Município

O hino municipal foi instituído através de concurso realizado no ano de 1995, o qual foi regido pela Lei Municipal nº 1318 de 17 de agosto de 1995, tendo como vencedor o Sr. Wanerley Dall Alba. Em 2016 foi concedido ao Sr. Wanerley o título de cidadão benemérito, por compôr letra e música do hino municipal.  

Hino do Município
 
São quilômetros ao sul deste Brasil que tudo tem 
E ao norte deste estado que as riquezas vão além
Numa terra produtiva desbrvada há muitos anos
Com a força e a coragem do pioneiro paiano


Solos sem trevas
Brilha sua luz
Povo herdeiro
Tudo produz
Que faz sementes
De bom andar
//Unidos sempre
Vamos amar//


Tantos homens, muitos anos
Nos trouxeram o valor
Hoje vemos o que temos
Graças ao trabalhador
Da cultura nós nascemos
Acharemos direção 
E no vale do Uruguai a flora farta, fauna então

Compartilhe!